Poesia
Abril 18, 2016
Porque é o ouro tão valioso?
Abril 18, 2016
Show all

Marcas das contrastarias

Um artefacto de metal precioso diz-se que está legalmente marcado quando tiver apostas as marcas de punções de duas espécies:

  • Punção de fabrico ou equivalente (por vezes dito punção de responsabilidade)
  • Punção ou punções de Contrastaria

O punção de fabrico ou equivalente reproduz uma marca que inclui, dentro de um perímetro, a letra inicial do nome do industrial, do ensaiador-fundidor ou do importador (ou da firma) e um símbolo privativo, não confundível com os outros já existentes e não extraído do reino animal. O punção de Contrastaria reproduz uma marca legal, cujo perímetro é definido, irregular nas marcas da Contrastaria de Lisboa e octogonal irregular nas marcas da Contrastaria do Porto (vide desenho das marcas). O símbolo varia conforme o metal: – no ouro, é uma cabeça de veado para os toques iguais ou superiores a 800 milésimas e uma andorinha em voo para os toques inferiores a 800 milésimas;
– na prata é uma cabeça de uma águia (voltada para a esquerda nos toques legais iguais ou superiores a 925 milésimas e para a direita nos toques legais iguais ou inferiores a 835 milésimas)
– na platina, é uma cabeça de um papagaio. Todas estas marcas apresentam na parte inferior o toque correspondente, em milésimas. Os punções das Contrastarias Portuguesas informam, simultaneamente, sobre o metal precioso em questão, o seu toque e a Contrastaria que fez o controle de qualidade e a marcação. O sistema de marcação legal, envolvendo para além da marca de responsabilidade, a marca de Contrastaria (e de toque) responde na sua leitura às questões: quem fabricou ou importou, o que fabricou (qual o metal e o toque) e quem verificou a conformidade e marcou (que Contrastaria garantiu a qualidade). São as seguintes as marcas legais das Contrastarias de Lisboa e do Porto:

 

(Informação disponibilizada em :  http://www.incm.pt/site/area_marcas_contrastarias.html)